NOVIDADES 09.MAR.2015

Conheça os mascotes da Rede de Postos SIM

Eles chegaram de lugares desconhecidos, foram ficando e conquistaram um lugar cativo na Rede SIM de Postos.

Os cães Faísca, Tobias, Costela, Shell e Negão, e também a gatinha Dani, são os mascotes das seis unidades da empresa. A presença deles faz com que o ambiente de trabalho fique mais alegre e ajuda para que os laços entre clientes e funcionários dos postos fiquem ainda mais fortes. Conheça, a seguir, a história de cada um desses mascotes, que foram publicadas, inicialmente na fan page da SIM.

 

Expediente começa com bom dia do Faísca:

 

Faísca é o caõzinho queridinho do posto SIM Expointer, em Esteio. Um cão dócil que apareceu por lá e conquistou a todos. Ele é de porte médio e está sempre esperando os funcionários do posto na chegada para dar a patinha e desejar um bom dia. Quando o pessoal faz intervalo, ele senta-se junto e faz companhia. Um dia, segundo relatos do pessoal do posto, durante um curso da Escola SIM, ele viu todos entrando no ônibus e logo se pôs na fila. Quando colocou as patinhas no degrau, João Guilherme, coordenador da escola, disse: "Não, Faísca. Tu és de outro turno." Tem clientes que o chamam e chegam a levá-lo no carro para que as crianças possam brincar com ele.

Costela escolhe seu verdadeiros lar:

 

A história do cãozinho Costela é surpreendente. Ele é um cão dócil, companheiro e amigo que apareceu no Paradouro SIM Camaquã quando o posto ainda estava em construção. E com o carinho e amor dos trabalhadores, lá ficou até os dias de hoje. Costela era tão parceiro do pessoal da obra, que virou "colega de trabalho" de Adão, motorista da retro-escavadeira da obra, ficando sentado ao seu lado acompanhando os trabalhos. Era só Adão ligar a máquina, que ele ia correndo para subir nela. O mais interessante é que o Costela já foi doado diversas vezes para outros lares. Mas ele sempre voltava. Certa vez, ele foi adotado por uma família que morava muito longe. E depois de alguns dias, os funcionários avistaram o caõzinho chegando correndo e desesperado de volta ao posto, seu verdadeiro lar.

Com Tobias, não há paninhos no chão

 

O Tobias é um cahcorro que foi abandonado na rua e acabou ficando pelo posto SIM São José, em Novo Hamburgo. Um dia, os funcionários chegaram para abrir a unidade e encontraram o cachoro deitado entre as bombas. E como o pessoal do posto é muito atencioso, a equipe começou a dar comida, água e muito carinho. Assim, o Tobias foi ficando. Porém, dois meses depois, ele foi atropelado e acabou perdendo a visão de um olho, apesar de todo o esforço do pessoal do posto que até a cirurgia pagou para ele. Hoje, Tobias é muito grato pelo carinho dos colaboradores. Ele é brincalhão, esperto, carinhoso e traz muita alegria para a unidade. Ele também adora pegar embalagens vazias para brincar, e se tiver paninhos das bombas soltos pelo chão, ele recolhe e leva para o frentista guardar.

Dani, a gatinha

 

A Dani é especial, afinal, ela é a única gatinha entre os bichinhos que foram adotados. Dani foi encontrada nas proximidades do posto SIM Av. Itália, em Rio Grande, e levou esse nome em homenagem a uma antiga funcionária da unidade. Quando Dani foi encontrada, ela estava muito magra e com um corte profundo em uma das patinhas. Não demorou para que os funcionários do posto tratassem, dando comida e muito amor. Assim, em pouco tempo, a gatinha se tornou o xodó de todos, inclusive do antigo proprietário do posto, que até tentou levar Dani para casa depois que a unidade passou a fazer parte da Rede SIM. Porém, a gatinha já estava tão adaptada ao posto, que não conseguiu morar em outro lugar e voltou para a unidade SIM para a alegria e felicidade de todos que a adoram.

 

A história do Negão, o Fujão

 

O Negão, carinhosamente assim chamado pelo pessoal do posto, é um cão muito querido na unidade do Posto Eldorado, de Eldorado do Sul. Mas por que fujão? Bom, primeiramente, o Negão não é um cão do posto, mas está sempre por lá. Ele pertence a outro dono, porém sempre dá um jeito de dar uma fugidinha de casa para ir ao posto ganhar uns carinhos e chamegos do pessoal. Segundo o seu dono, Negão anda uns 2 km para chegar até o posto, e quando seu dono chega do trabalho e dá falta do cão, ele já vai direto para o posto buscá-lo.

Shell encontra uma nova dona

 

O Shell é um cachorro enorme e muito lindo que foi abandonado no posto Avenida Itália, em Rio Grande. Ele estava sendo cuidado pelos funcionários do posto, mas tinha um sério problema: um tumor na garganta. Além disso, também faltava um lar para o bichinho. Vendo aquela triste situação, o pessoal do posto saiu atrás de um veterinário no mesmo dia, porém, não acharam. Mas alguma coisa deveria ser feita. Os colaboradores do posto foram atrás de algumas pessoas que quisessem ficar com Shell. E acharam! A Lisi é uma amiga do pessoal da unidade e, logo que soube da situação, se comoveu com a história e quis cuidar do bicinho. Depois de uma longa viagem de Rio Grande para Caxias, contando com várias paradas no meio do caminho, Shell chegou ao seu novo lar. Ele se identifiou imediatamente com a sua nova dona, tanto que na mesma noite que chegou, já dormiu em um sofá quentinho, abrigado e coberto de muito carinho. Além disso, Shell fez uma cirgurgia para a retirada do tumor e ainda passa por tratamento. Hoje, eles está ótimo e tem uma família muito especial.

COMENTÁRIOS
© Copyright 2021 SIM Rede de Postos