NOVIDADES 24.JAN.2018

Interesse por moto é hereditário

Nos fins de semana, junto de amigos, Marcelo pega a estrada em busca de aventura. “Nada melhor para curar qualquer problema."

O interesses de Marcelo Svartman Camiansky , 51 anos, empresário, por motos, é hereditário. O pai, que morava em Montevidéu, a capital do Uruguai, teve cerca de 15 motos de vários modelos. “A coisa está no sangue, pois sempre ouvi as histórias de meu pai e vi muitas fotos.”

A mãe de Marcelo morava em Porto Alegre e o pai vencia a distância entre Montevidéu e a capital gaúcha para vê-la, sempre de moto. Marcelo teve moto desde os 16 anos. Ele lembra que a moto mais potente e desejada na época era a Honda CB 750 Four de 4 cilindros. “Era inalcançável para a maioria pois era importada e caríssima. Pois bem, passaram-se os anos, comecei a colecionar carros antigos e a minha última aquisição foi justamente essa maravilhosa Honda.”


O empresário já recebeu várias propostas para vender a moto. “Por enquanto, não vendo por valor nenhum.” Ele conta que encontrou o exemplar nos Estados Unidos, com apenas 12000 milhas. “Um amigo mandou vir, restaurou nos mínimos detalhes e aí eu comprei.”

Nos fins de semana, junto de amigos, Marcelo pega a estrada em busca de aventura. “Nada melhor para curar qualquer problema. Falando em estrada, sempre gosto de frisar os cuidados: equipamento de segurança, farol ligado e andar sempre em fila alternada para que qualquer movimento brusco do piloto da frente, o motociclista de trás possa desviar. ”

COMENTÁRIOS
© Copyright 2020 SIM Rede de Postos