VIAGENS 11.SET.2015

Interior de Novo Hamburgo preserva tradição alemã

Em todas as ruas da cidade, vê-se desenvolvimento e progresso. Mas é possível também encontrar sossego, tranquilidade, um pouco de história alemã e muita beleza natural.

Novo Hamburgo é a principal cidade do Vale do Sinos, uma região colonizada por alemães e que é conhecida pela fabricação de couros e calçados. Distante cerca de 50 quilômetros de Porto Alegre, a capital gaúcha, conta com uma população de cerca de 240 mil habitantes, segundo dados no site da prefeitura. Em todas as ruas da cidade, vê-se desenvolvimento e progresso. Mas é possível também encontrar sossego, tranquilidade, um pouco de história alemã e muita beleza natural. Para isso, basta visitar o bairro Lomba Grande, na zona rural, e conhecer os sítios de lazer que integram o roteiro turístico Lomba Grande.


O bairro conta com 156,31 quilômetros quadrados, e só foi anexado a Novo Hamburgo em 1940. O objetivo era oferecer mais um acesso ao município recém emancipado, que desde 1927 só tinha como entrada e saída a linha férrea e a estrada Getúlio Vargas, que deu origem a BR-116. O nome Lomba Grande está ligado a topografia da região.  Além dos sítios, a zona rural de Novo Hamburgo promove a cultura da região, com festas religiosas, bailes, rodeios, atividades esportivas, trilhas ecológicas e cavalgadas.


São mais de 30 pontos de visitação, entre eles: restaurantes que valorizam a culinária típica do campo, igrejas ainda com arquitetura histórica e também os balneários e sítios ecológicos.

 

Muitas famílias aproveitam as áreas de lazer do bairro rural, pois oferecem lugares para descanso, divertimento e apreciação da natureza.

Para conhecer e agendar visitas: www.lombagrande.org.br.

COMENTÁRIOS
© Copyright 2021 SIM Rede de Postos