VIAGENS 13.JUL.2015

Nova Milano, onde começa a história da imigração italiana

A colonização italiana no Rio Grande do Sul nasceu em Nova Milano, atual distrito de Farroupilha, situado a cinco quilômetros do centro da cidade.

A colonização italiana no Rio Grande do Sul nasceu em Nova Milano, atual distrito de Farroupilha, situado a cinco quilômetros do centro da cidade. Foi lá que se instalaram os primeiros italianos que chegaram ao Sul do Brasil, há 140 anos, em 1875. Os nomes das primeiras famílias que ali se instalaram até hoje são lembrados: Crippa, Sperafico e Radaelli.

O pequeno núcleo onde o povoado se originou é conservado até hoje. Abrange a praça da Imigração Italiana, o Parque Centenário da Imigração Italiana e a Igreja Santa Helena da Cruz. Também em Nova Milano está situado o prédio mais antigo da colonização italiana, trata-se da Casa Colonial Número Dez.

 

O Parque Centenário da Imigração Italiana tem cinco hectares e foi construído para homenagear o centenário da imigração italiana no Rio Grande do Sul. Foi inaugurado em 13 de dezembro de 1975. Um monumento faz menção aos imigrantes. No local há também a réplica do Leão Alado de São Marcos, símbolo da Cidade de Veneza, oferecido pelo governo da Itália, assim como diversas placas representando as mais variadas regiões italianas.

Na Praça da Imigração Italiana, no centro da comunidade, construída em homenagem aos primeiros colonizadores, estão as réplicas dos passaportes usados pelos primeiros imigrantes vindos da Itália, Luigi Sperafico, Estevão Crippa, e Tomaso Radaelli. Além dos monumentos, na praça existe a antiga Igreja de Santa Helena da Cruz, construída pelos colonizados, com o seu interior pintado com afrescos, e a réplica da Madonina Duomo.

COMENTÁRIOS
© Copyright 2020 SIM Rede de Postos