VIAGENS 09.MAR.2015

Praias de água doce e figueiras em Arambaré

Arambaré, cidade às margens da Lagoa dos Patos, surgiu no século 18 com a chegada dos colonizadores açorianos que lá construíram grandes fazendas e charqueadas.

Arambaré, cidade às margens da Lagoa dos Patos, surgiu no século 18 com a chegada dos colonizadores açorianos que lá construíram grandes fazendas e charqueadas. Hoje, o movimento fica por conta das diversas praias de águas doce e salgada, em especial a da Costa Doce, bastante concorrida nos meses de verão. Já os balneários de Dunas da Lua de Natal e Prainha, mais afastados, são verdadeiros oásis de tranquilidade.

 

Para fugir do sol, a dica é esticar a toalha embaixo das centenas de figueiras, que oferecem generosas sombras. As árvores chegam a quase 50 metros de diâmetro e dez metros de altura. Já quem gosta de esportes náuticos, a pedida é seguir para o Arroio Velhaco, com leito entrecortado por ilhas e areias branquinhas.

 

Arambaré abriga a considerada maior figueira do Rio Grande do Sul, com 20 metros de altura e tronco com 12 metros de diâmetro. De ponta a ponta, seus galhos têm 50 metros de extensão. Chamada Figueira Paz, a árvore centenária é símbolo da cidade e importante atração turística. Alguns historiadores apontam que a Figueira tem entre 400 e 700 anos, outros um pouco mais. No mês de maio acontece o Campeonato Estadual de Pesca e a Festa do Peixe.

COMENTÁRIOS
© Copyright 2021 SIM Rede de Postos