VIAGENS 23.SET.2016

Rota revela cultura da Pomerânia

O Roteiro Cultural Caminho Pomerano, em São Lourenço do Sul, distante cerca de uma hora de Pelotas, na região Sul do Estado, preserva esse legado.

Quando os pomeranos, antigo povo eslavo germanizado ao lon­go dos séculos, colonizaram a Colônia de São Lourenço, deixaram de herança o dialeto, o trabalho agrícola, os costumes e as crenças de um povo que ainda mantém viva a Pomerânia no Sul do Brasil.

O Roteiro Cultural Caminho Pomerano, em São Lourenço do Sul, distante cerca de uma hora de Pelotas, na região Sul do Estado, preserva esse legado. Durante as visitas são conhecidos empreen­dimentos coloniais e locais históricos, além da mostra de produtos feitos pelos agricultores e o artesanato.

O turista conhece o casamento pomerano. Uma das figuras prin­cipais da cerimônia é o entregador de convites. Montado em um cavalo enfeitado, ele percorre as casas das famílias para convidá-las ao casamento. A noiva casava em trajes pretos como uma forma de protestar, já que a noite de núpcias era passada com o senhor feudal, e não com o noivo.

TRAJETO:

SÍTIO FLAJOKE:
Onde se conhece a História da Noiva de Preto, Convidador, peças antigas e onde se experimenta o Maischnaps, bebida típica pomerana.


IGREJA NOSSA SENHORA DA
CONCEIÇÃO DE BOQUEIRÃO:
Primeira Igreja do município, construída em 1830.


PROPRIEDADE INÊS BLANK:
Onde é servido o típico café pome­rano e os visitantes são convidados a participarem de uma meditação junto à mandala de ervas.



HEIDEN HAUS:
Acervo de antiguidades, onde também se degusta o licor de butiá, produzido artesa­nalmente.


FAMÍLIA KLASEN:
Onde fica uma criação de gansos, queija­ria e é feita a degustação do peito de ganso defumado, degustação de queijo e linguiça.

COMENTÁRIOS
© Copyright 2021 SIM Rede de Postos